quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Castillo San Felipe de Barajas, passeio de Chivas e o Convento Santa Cruz de La Popa


A visitação ao Castillo San Felipe de Barajas pode ser feita de 08:00h as 18:00h, e é de lá que saem as chivas. 
 A chivas que estávamos passou em alguns hotéis para pegar passageiros, no nosso hotel não tivemos essa opção.

Não tem restaurante no castelo, então se estiver com criança (ou sem), compre água na lanchonete que fica em frente.

Nas imediações do Castelo  tem muitas opções de restaurante, centro comercial e o shopping o  Mall Plaza El Castillo .

Paradinha antes de entrar na chivas, para comprar água (Mercearia em frente ao Castelo) 

O custo do nosso passeio de chivas


O melhor horário para conhecer o castelo é ao entardecer, no por do Sol.  E os vendedores do passeio de chivas sabem disso, eles lhe abordam antes de você alcançar a bilheteria.

A venda do passeio de chivas

Ao chegar no castelo ao lado da bilheteria, os vendedores oferecem o passeio, informando as maravilhas do tour por Cartagena.
E realmente a chivas roda muito, partindo do castelo, passa pela muralha, segue para o bairro Boca Grande, bairro Manga onde faz uma parada em um forte (Que não lembro o nome). Depois se dirige para o Convento Santa Cruz de La Popa e retorna para o Castelo,onde fazemos uma caminhada ao entardecer. 
O passeio encerra nas Bovedas em San Diego (Perto do centro histórico).
Todo esse trajeto é feito com um guia, contando as maravilhas de Cartagena. 
O passeio é excelente, mas ficou cansativo por causa dos engarrafamento, das paradas para aguardar hóspedes e do Sol muito forte. 


Conhecendo o Castillo





Encantador


Chivas
 São caminhões adaptados para levar passageiros. Bem simples!
É quase inacreditável sua capacidade de subir a ladeira íngreme e tortuosa do Convento Santa Cruz de La Popa. 


O passeio vale a pena, mas achei cansativo para criança. São quase 4 horas de passeio guiado e o calor que faz em Cartagena pode causar um certo desconforto.






A nossa chivas foi essa branca, mas encontramos nas paradas do passeio, outras com cores mais alegres, mas no mesmo estado de conservação.

Existe um passeio a noite.
                                                                     Outras chivas.

Compramos esse pão doce com um ambulante no forte do bairro Manga.


Bairro Boca Grande

No penúltimo dia de nossa viagem, ficamos nesse bairro que tem muitas opções de restaurante , shopping e mercados. 


 A praia de Cartagena não é bonita e nem me pareceu boa para frequentar, nós preferimos ir para uma das ilhas do Caribe colombiano(Conto depois). Mas em Boca Grande vimos pessoas na praia.



 Convento Santa Cruz de La Popa

O trajeto é meio esquisito e a subida é extremamente íngreme, não sei se por disputa ou barbeiragem o motorista da chivas, fechou uma VAN de turismo que tentava ultrapassar na subida. Não achei seguro ir de carro particular para La Popa, me pareceu um lugar deserto. 
Nas curvas foi possível ver muitos garrafas quebradas e lixo, o que pode ocasionar um pneu cortado ou uma parada inesperada na ladeira, o que não seria uma experiencia agradável. Soube que alguns motoristas de táxi se negam a fazer esse percurso ou cobram muito caro.
Mas chegando em La Popa todo o desconforto do trajeto é recompensado. Com certeza eu incluiria o convento novamente no roteiro.

 Água sempre e o tempo todo.


Altar do Convento


 Vista 


Pátio 






Do Convento voltamos para o Castelo e em seguida fomos para as Bovedas.

Cartagena

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Chegando em Cartagena de Índias


Chegamos em Cartagena com um calor de 38°C, no aeroporto sentimos logo a diferença do friozinho de Bogotá.


Nossa mala quebrou e procuramos um carrinho para levar a mala até o balcão da LAN, mas surpresa...O carrinho do aeroporto é alugado. No desembarque havia diversos carregadores, cada um com um carrinho para vender o serviço. 
Fomos arrastando a mala quebrada até o balcão da LAN, os funcionários foram muito atenciosos e devolveram nossa mala reparada em 24h, no hotel.

Chegamos no hotel muito cedo, fizemos o check in, deixamos as malas e fomos conhecer a cidade. Retornamos quase as 15:00h e nosso quarto já estava disponível. 


O hotel é muito simpático Casa de Los Reyes Hotel Boutique , com uma excelente localização, bem perto das Bovedas.


Os hóspedes podem reservar as bicicletas gratuitamente e rodar pela cidade.


O hotel é lindo e muito agradável.


Caminhamos pela cidade e verificamos que Cartagena tem diversas opções gastronômicas com preços variados.
Passamos na porta do La Casa de Dorotea e vimos uma placa, almoço completo + bebida por COP 12000, paramos para conferir.


Eles serviram um caldo (Ervilha ou Peixe), um prato quente (Frango, cerdo ou ...) e limonada.
A limonada era muito saborosa, mas causou mal estar em mim e em Wilson. Não sabemos o por que, mas depois de beber só melhoramos após tomar um antialérgico. No dia seguinte em outro restaurante, experimentamos mais uma vez , para tirar a dúvida e realmente a limonada não nos fez bem! 


Caldo de Peixe

Bife com erva, arroz de coco, salada e banana verde a milanesa.




O restaurante é bem colorido e se não fosse o calor, seria muito agradável.


Após o almoço caminhamos um pouco mais pelas ruas de Cartagena.

A pedido de João fizemos uma paradinha na livraria Nacional, ufa! Ar condicionado :)


 A livraria é pequena, mas tem muitas opções de livros infantis.
 Nas ruas de Cartagena.


 As cores vivas coloniais estão presentes em todas as ruas da cidade Murada e em San 
Diego.


Restaurante KGB decorado a caráter .

A Torre do Relógio a noite brilhante com as luzes de Natal estava encantadora (Posto depois).



 As frutas são ofertadas em toda esquina.

A noite saimos para passear de charrete, que opção maravilhosa. Percorremos todas as ruas da cidade Murada, com direito a narração de um simpático Cocheiro. Pagamos COP 60000.


O cocheiro foi nosso guia e fotografo :)


A cidade é grande e para caminhar a noite é mais agradável.


Tivemos um encontro inusitado com o homem sem sobra! Que povo criativo.


Cartagena é um lugar para voltar.



:)

Termas de Puritama - Chile

Relaxante  Um oásis no deserto! Não aceita cartão, então leve dinheiro para pagar a entrada em Puritama (Adulto CLP15000 pesos e cr...