domingo, 31 de julho de 2016

Tamandaré -Praia de Carneiros


A Praia de Carneiros fica em Tamandaré, que é um  município do litoral sul do estado de Pernambuco e é simplesmente um paraíso no planeta Terra.

Nós ficamos em uma pousada em Tamandaré e fomos de carro para Praia de Carneiros.

Na verdade para chegar a essa praia, tivemos que entrar em uma (São várias), fazenda e pagar R$12,00 por pessoa. Quem quiser pode vir caminhando pela areia da praia, desde Tamandaré (Onde não se paga para acessar), até chegar na Praia de Carneiros , mas é longe a pé (cerca de 8 km). 
De verdade, voltaria novamente e ficaria em Tamandaré, a hospedagem em uma dessas fazendas ou hotel em Carneiros é muito cara e Tamandaré não deixa nada a desejar.

Praia de Tamandaré

 Praia de Carneiros

 Carneiros



 Pousada Costa do Sol -Tamandaré

Pousada simples( básica), limpa e organizada.
Sem luxo!
 

Viajamos no período dos festejos do São João de 2016, a cidade estava muito animada.


Fizemos uma amiga, bastante simpática.


Em Tamandaré ...
Por indicação da pousada fomos conhecer a Pizzaria do Almirante, mas logo na entrada da cidade tem uma padaria que tem café e ceia.
Nos indicaram também um restaurante de comidas típicas "Maria Bonita".


Pizza de Cane Seca e Peperoni 



Restaurante Mustako (Lanches leves), também em Tamandaré.


Muito estiloso.

Agendamos a pousada pelo Booking.com

sábado, 23 de julho de 2016

RN -Barreira do Inferno e o maior Cajueiro do Mundo


No caminho para  visitar o Cajueiro, que fica em  Pirangi do Norte, fizemos uma parada no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno, Parnamirim (A 18 min do hotel Pestana Natal -RN063).
A Barreira do Inferno é um centro de lançamento de foguetes da Aeronáutica. 


É algo que não se vê todo dia.





Nossos astronautas! 

Sob o Sol do inverno do Rio Grande do Norte.


Da Barreira do Inferno para o Cajueiro são 17 min, pela Rota do Sol, muito fácil.



O ingresso curta R$8,00, com direito a degustação do suco de caju e um breve histórico da árvore.

A árvore é muito grande mesmo!



No local tem estacionamento gratuito para quem vai visitar o cajueiro, fique atento, na frente do estacionamento gratuito tem um pago e os funcionários desse estacionamento indicam entrar nele e não orientam /informam da gratuidade do outro. Entramos no gratuito, por ser arborizado e ter sombra, só descobrimos que não pagaríamos depois.
No local onde fica o cajueiro tem uma feirinha de artesanato.


Na volta para o hotel fizemos uma paradinha para uma água de coco no morro do careca e assistimos uma puxada de rede.









sábado, 16 de julho de 2016

Hotel Pestana -Natal


A impressão que ficou foi de um hotel diante da possibilidade de encerrar suas atividades.
Soubemos de um dos funcionários que a CVC havia comprado o hotel, mas que até aquele momento não havia se posicionado quanto a manutenção da equipe ou uma reforma no hotel.

A qualidade das bebidas, o sabor das comidas, a limpeza dos quartos e a simpatia da equipe são os pontos positivos do hotel, no mais ...Precisa de uma reforma urgente!


Área comum agradável e limpa.



Poucas opções de petiscos.


Espero que um hotel tão bonito não feche.

O almoço
A comida era muito saborosa, mas eram poucas as opções.


O jantar
Todos os dias serviram uma pizza (deliciosa). 
Havia também, entradas e pratos variados.

Carne do Sol, cuscuz e banana da terra.



quarta-feira, 13 de julho de 2016

A vila -Porto de Galinhas


Chegando em Porto de Galinhas 


Dia 17/06, começamos a curtir a festa de São João, sempre tão animada no Nordeste.
Chegamos em Aracaju para visitar amigos queridos e em seguida partimos para outras paradas!


Chegamos em Porto de Galinhas!
Linda e agitada como sempre.
A vila estava muito cheia e a festa proporcionava um ambiente agradável .

Os preços na vila são sempre muito elevados, a variedade gastronômica vai das massas italianas a carne seca com paçoca. Os frutos do mar são ofertados de diversas formas, moqueca, ensopado ou simplesmente cozido em água e sal.


No Hotel havia uma variedade de indicações (cartões), de restaurantes locais, comer nunca foi problema por lá. 


Salvador Dalí

Não podíamos deixar de fotografar com as ilustres galinhas personagem, encontradas em quase toda vila.

Frieda Kahlo


Elvis



O Mar e suas Piscinas naturais!

As barracas são alugadas e para obter um sombreiro com duas cadeiras, os comerciantes cobram de R$15,00 a R$30,00. Um peixe médio frito, custa de R$60,00 a R$89,00.
Muitos ambulantes na praia e nós quase não conseguimos conversar com o assédio dos vendedores.
 Desistimos de andar, por que a cada passo um comerciante oferecia uma barraca, comida, roupas de praia... Sentamos por ali mesmo e tentamos ser feliz!

Experimentamos os caldinhos (Camarão, polvo,feijão...Caldeirada que é uma espécie de mistura de tudo), todos muito saborosos, R$15,00 , um copo de 300 ml.

Na praia uma lagosta custava a partir de R$15,00, cozida na água e sal, que para mim é uma excelente forma de degustar esse crustáceo. 


A noite do Porto!

Só admiramos, não caminhamos pela praia ,o melhor é não se arriscar, dando sopa para o inesperado. Normalmente em viagem, ficamos em lugares com movimento.


Descanso na rede é tudo de bom!



Prontos para passear.



sábado, 9 de julho de 2016

Porto de Galinhas -Pousada Porto Colibri



Uma pousada agradável e BBB.

Boa , bonita e barata.

Longe do movimento da vila (Fica a 4Km), e do assédio dos vendedores.

Como fomos de carro, a distância não foi problema!
Em minutos estávamos curtimos o agito da vila ou no sossego da pousada.

O acesso é por ruas sem asfalto.



Quarto triplo espaçoso.


Toalhas limpas e trocadas diariamente.



Área comum com som ambiente.



Cuidado com a limpeza em todos os ambientes.


A decoração junina combina muito com a proposta da pousada.

Café da manhã farto e saboroso.




Termas de Puritama - Chile

Relaxante  Um oásis no deserto! Não aceita cartão, então leve dinheiro para pagar a entrada em Puritama (Adulto CLP15000 pesos e cr...